O Lem conta com vários financiamentos de pesquisa.

Atualmente, o coordenador lidera um projeto CNPq universal, com prazo de encerramento em 2016. O projeto trata sobre migrações, espaço e parentesco.

O coordenador também conduz pesquisa financiada com a bolsa de pesquisa de produtividade do CNPq (renovada para o período 2015-2018)

Vários pesquisadores tem financiamento em forma de bolsas de pesquisa.

Victor Hugo Kebbe tem bolsa de Pós-Doc da Fapesp

Gil Vicente Lourenção teve bolsa de doutorado Fapesp

Bruna Potechi tem bolsa de doutorado Fapesp

Érica Hatugai tem bolsa de doutorado Capes

Gabriel Jimenez tem bolsa de IC Cnpq

Nathália Volpini tem bolsa de IC Cnpq

Abaixo financiamentos de pesquisa já encerrados

Imigração e Relacionalidades: transformações nas estruturas de parentesco em contextos de migração transnacional brasileira. Descrição: Esse projeto propõe uma análise da produção de relações de parentesco (relacionalidades) em comunidades transnacionais, marcadas pela fragmentação causada pela imigração internacional. Essas comunidades têm membros espalhados por dois ou mais países e precisam reestruturar suas formas de relação: novas formas de comunicação, de expressão dos sentimentos, de organização de remessas, de construção das famílias, de criação dos filhos etc. Essas novas estruturas seguem, porém, padrões mais ou menos aceitos localmente como legítimos e têm algumas implicações para os membros das comunidades, como processos de discriminação, isolamento, fofocas. Interessa ao projeto identificar os novos padrões e verificar como se relacionam (ou não) com padrões mais tradicionais de organização da família e do parentesco. O projeto pretende trabalhar com migrações internacionais com origem em nosso país, buscando processos de reordenação das relações de relacionalidades, como demonstram bibliografias sobre o tema. No caso das emigrações internacionais brasileiras, a análise se concentrará nas comunidades locais conhecidas como pólos regionais de emigração internacional, principalmente a região de Governador Valadares, por conta de sua já tradicional situação como pólo de emigração internacional e por causa dos desenvolvimentos de pesquisas realizadas pelo pesquisador responsável no mesmo local, que indicaram essas mudanças nos padrões familiares. Entretanto, a análise de outras regiões de grande densidade emigratória também faz parte do escopo do projeto, possibilitando uma perspectiva comparativa sistemática. .
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação ( 2) / Mestrado acadêmico ( 5) / Doutorado ( 2) .
Integrantes: Igor José de Renó Machado – Coordenador.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo – Auxílio financeiro..

Transformações nas relações de parentesco em contextos de migração transnacional brasileira Descrição: Esse projeto propõe uma análise da produção de relações de parentesco (relacionalidades) em comunidades transnacionais, marcadas pela fragmentação causada pela imigração internacional. Essas comunidades têm membros espalhados por dois ou mais países e precisam reestruturar suas formas de relação: novas formas de comunicação, de expressão dos sentimentos, de organização de remessas, de construção das famílias, de criação dos filhos etc. Essas novas estruturas seguem, porém, padrões mais ou menos aceitos localmente como legítimos e têm algumas implicações para os membros das comunidades, como processos de discriminação, isolamento, fofocas. Interessa ao projeto identificar os novos padrões e verificar como se relacionam (ou não) com padrões mais tradicionais de organização da família e do parentesco. O projeto pretende trabalhar com migrações internacionais com origem em nosso país, buscando processos de reordenação das relações de relacionalidades, como demonstram bibliografias sobre o tema. No caso das emigrações internacionais brasileiras, a análise se concentrará nas comunidades locais conhecidas como ?pólos regionais? de emigração internacional, principalmente a região de Governador Valadares, por conta de sua já tradicional situação como pólo de emigração internacional e por causa dos desenvolvimentos de pesquisas realizadas pelo pesquisador responsável no mesmo local, que indicaram essas mudanças nos padrões familiares. Entretanto, a análise de outras regiões de grande densidade emigratória também faz parte do escopo do projeto, possibilitando uma perspectiva comparativa sistemática..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação ( 2) / Mestrado acadêmico ( 2) / Doutorado ( 1) .
Integrantes: Alexandra Gomes de Almeida – Integrante / Victor Hugo Kebbe – Integrante / Fabio Ribeira – Integrante / Fábio Stabelini – Integrante / Amanda Guerreiro – Integrante / Igor José de Renó Machado – Coordenador.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – Auxílio financeiro.